Abordagem biológica, psicológica, social e cognitiva do envelhecimento

< voltar à lista
Condições de Admissão

Ativos/as empregados/as e desempregados/as, com escolaridade igual ou superior ao 9º ano, que exerçam ou pretendam vir a exercer, num futuro próximo, profissões nas áreas do Trabalho Social e Orientação, Acompanhamento a Idosos ou Saúde.

As inscrições estarão sujeitas a processo de seleção, de acordo com os critérios definidos pelos programas de financiamento da formação profissional e/ou outra legislação em vigor – para mais informações contacte os nossos serviços.

Tipologia

Objetivos

•Identificar os conceitos e princípios fundamentais sobre o processo de envelhecimento.
•Identificar problemas de saúde mais comuns no idoso e suas consequências.
•Identificar alterações na autonomia e funcionalidade e seu impacto na qualidade de vida do idoso.
•Identificar as redes sociais de apoio e os serviços de institucionalização.

Duração

50 horas

Código do Curso / Código UFCD

7214

Saídas Profissionais

UFCD capitaliza para a saída profissional de Técnico/a de Apoio Familiar e de Apoio à Comunidade

Área de Formação

Trabalho Social e Orientação

Síntese programática
  • Módulo
  • Carga Horária

Abordagem biológica, psicológica, social e cognitiva do envelhecimento 50 horas

•Principais alterações biológicas do envelhecimento
◦Alterações estruturais
- Células e tecidos
- Composição global do corpo e peso corporal
- Músculos ossos e articulações
- Pele e tecidos subcutâneos
◦Alterações funcionais
- Sistema cardiovascular
- Sistema respiratório
- Sistema renal e urinário
- Sistema gastrointestinal
- Sistema nervoso e sensorial
- Sistema endócrino e metabólico
- Sistema imunitário
- Ritmos biológicos e sono
◦Implicações das alterações funcionais na prestação de cuidados pessoais

•Problemas de saúde mais comuns no idoso
◦Doenças cardiovasculares
◦Diabetes
◦Doenças reumáticas
◦Perturbações mentais e comportamentais
◦Alterações da visão
◦Alterações cognitivas
◦Outras
•As principais perturbações mentais e comportamentais no idoso e suas consequências
◦Perturbações mentais orgânicas (doença de Alzheimer, outras demências, depressão)
◦Perturbações mentais e comportamentais devidos ao abuso de substância psicoativa
◦Esquizofrenia, perturbações esquizotípicas e perturbações delirantes
◦Perturbações do humor
◦Síndromes comportamentais associadas a disfunções fisiológicas e a fatores físicos

•Alterações na autonomia e funcionalidades e impacto na qualidade de vida do idoso
◦Quedas
◦Imobilidade
◦Depressão
◦Outras

•Aspetos psicológicos do envelhecimento
◦Modificação das funções cognitivas
◦Os afetos e a sexualidade nos idosos
◦Envelhecimento emocional e suas características
◦Aspetos psicológicos de risco no idoso

•Aspetos sociais do envelhecimento
◦Evolução histórica do conceito de idoso
◦A perspetiva de outras culturas
◦A interpretação individual e social das várias fases do ciclo da vida
◦Atitudes, mitos e estereótipos associados à velhice
•Redes de apoio
◦As pessoas idosas e o meio ambiente
◦A diversidade do meio ambiente
◦A família e a comunidade

•As Instituições formais
◦Caracterização e natureza das Instituições formais
◦Institucionalização das pessoas de idade
◦A vida quotidiana nas Instituições
Próximas Ações de Formação

De momento, não existem ações de formação agendadas.