Técnicas e estratégias de comunicação e observação nos contextos de intervenção com a população idosa

< voltar à lista
Condições de Admissão

Ativos/as empregados/as e desempregados/as, com escolaridade igual ou superior ao 9º ano, que exerçam ou pretendam vir a exercer, num futuro próximo, profissões na área do Trabalho Social e Orientação, Apoio a Idosos, Geriatria, Saúde ou outras que impliquem o contacto com a população idosa.

As inscrições estarão sujeitas a processo de seleção, de acordo com os critérios definidos pelos programas de financiamento da formação profissional e/ou outra legislação em vigor – para mais informações contacte os nossos serviços.

Tipologia

Objetivos

•Descrever os aspetos inerentes ao processo de comunicação (verbal e não-verbal)
•Aplicar as estratégias que facilitam o processo de comunicação com a população idosa.
•Identificar e eliminar/atenuar as barreiras à comunicação, com a população idosa.
•Reconhecer, adequar e aplicar os diferentes tipos de observação.
•Preparar uma cheklist de observação, adequada ao contexto a avaliar.

Duração

50 horas

Código do Curso / Código UFCD

8903

Saídas Profissionais

Esta UFCD capitaliza para a saída profissional de Técnico/a de Geriatria

Área de Formação

Trabalho Social e Orientação

Síntese programática
  • Módulo
  • Carga Horária

Técnicas e estratégias de comunicação e observação nos contextos de intervenção com a população idosa 50 horas

•Noção de comunicação e estratégias comunicacionais
◦Processo de comunicação
◦Os dois níveis de comunicação
◦Comunicação com os idosos – o que se deve e o que não se deve dizer
◦Estratégias de comunicação com os idosos
•Barreiras à comunicação com a população idosa
◦Principais barreiras à comunicação
◦Formas de eliminação/atenuação de barreiras
◦Criação de facilitadores comunicacionais
•Comunicação verbal e não-verbal com a população idosa
◦Comunicação verbal – tipos (oral e escrita), características e funções
◦Comunicação não-verbal – características e funções
◦Exploração de atividades nestes dois níveis
◦Interação com pessoas com problemas de comunicação e com deficiência
•Transmissão de notícias: boas e más
◦Competências de relacionamento interpessoal
◦Papel das emoções no comportamento social
◦Comunicação na interação com pessoas com alterações comportamentais (agressividade e agitação)
◦Comunicar de forma assertiva
•Processo de observação
◦Observação e comunicação não-verbal
◦Aspetos a observar no idoso
◦Forma e a postura correta de observação
◦Principais contextos de observação
•Tipos de observação – escuta ativa (características e aplicação prática) da:
◦Observação direta
◦Observação indireta
◦Observação participante
◦Observação não-participante
◦Observação aberta
◦Observação fechada
•Checklist de observação adequada ao contexto a avaliar
◦Criação e aplicação de uma cheklist de observação
Próximas Ações de Formação
  • Vila Viçosa 2019-07-11 a 2019-08-08

    inscrever